terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Wrap de sementes de linhaça - receita do livro "Barriga de Trigo"

Pessoal, antes da gente passar para a próxima, acho que esse livro merece, pelo menos, mais um post. No apêndice encontramos uma variedade de receitas sem trigo e vocês sabem que eu adoro, não é? Mesmo com toda a oferta de "receitas fit" que a internet nos oferece, muita coisa ainda foi novidade para mim!

Essa receita de wrap de linhaça foi a primeira que fiz e realmente me agradou. É fácil, não tem absolutamente nada que não seja comida de verdade (nada de suplementos, adoçantes e etc) e é uma refeição para ninguém sair da mesa com fome, eu garanto!

Wrap de sementes de linhaça




Ingredientes:
  • 3 colheres de sopa de sementes de linhaça moídas (eu prefiro moê-las na hora de usar, para conservar as propriedades ao máximo)
  • 1/4 colher de chá de fermento em pó
  • 1/4 colher de chá de cebola em pó (usei alho em pó)
  • 1/4 colher de chá de páprica (usei cúrcuma)
  • 1 pitada de sal marinho ou sal de aipo
  • 1 colher de sopa de óleo de coco fundido (e mais um pouco para untar a forma)
  • 1 colher de sopa de água
  • 1 ovo grande

Preparação: Numa tigela pequena, misture a linhaça moída, o fermento em pó, a cebola em pó, a páprica e o sal. Incorpore a colher de sopa de óleo de coco. Acrescente o ovo e a colher de sopa de água, batendo bem até formar uma massa homogênea. Unte com óleo de coco uma forma de torta, de vidro ou de plástico, que possa ir ao microondas (não costumo colocar plástico no microondas). Derrame a massa e espalhe uniformemente no fundo. Ponha no microondas em potência máxima por 2 ou 3 minutos, até que a massa esteja cozida. Deixe esfriar por uns 5 minutos.




Para retirar o wrap da fôrma, levante uma beirada com uma espátula comum. Se ficar grudado, use uma espátula de virar panqueca para soltá-lo com delicadeza. Vire o wrap e recheie com os ingredientes desejados.

O texto está exatamente como no livro, mas deixei minhas observação em cinza, acho que perceberam... rs... Eu fiz nesse prato que é raso, mas tem uma reentrância discreta que parece que acomodou perfeitamente a massa. Também ficou fácil de retirar depois. Meu recheio foi omelete de claras com orégano, curry e alface para acompanhar. Aprovadíssimo :)

Pronto, parei de falar desse livro!
Mas se voces quiserem conversar um pouquinho mais é só perguntar, ok? =)

Bjs


8 comentários:

  1. Oi Gi também adorei o sem trigo, sem barriga e esta foi a primeira receita que experimentei e já fiz imensas vezes!:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Claudia! Aí em Portugal foi traduzido como "Sem trigo, sem barriga", não é? No início acreditava ser outro livro! haha
      Eu tbm adorei a receita. Substituição perfeita para lanches sem glúten :)

      Bjs

      Excluir
  2. Já fiz algo do género e gostei :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil seria o Garfield não gostar de alguma comida!! rsrs
      Brincadeirinha! ;)

      Excluir
  3. Ain que delícia, vou fazer com certeza!! Adorei!! Deve ser maravilhoso esse livro, pode ir colocando outras receitinhas ao decorrer do ano hihi beijo lindona

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fala, Line.. essa semana fiz um bolo de cenoura sem farinha (do livro), di-vi-no!! Acho que vou ser obrigada a colocar!!! kkkk

      Bjao

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...