domingo, 3 de março de 2013

Nutrição funcional: o alho

Hey!

Para 600mL de chá usei dois dentes de alho, meio limão siciliano,
uma colher de sopa de mel e pedacinhos de gengibre
E aí, tudo bem, minhas saradas lindas? Essa semana, como contei no post anterior, a gripe me pegou. Fiquei a base de expectorante e bastante chá de alho, limão, gengibre e mel. Por coincidência (ou não) as blogueiras atletas daqui da Finlândia  postaram esse mesmíssimo chazinho, que inclusive chamaram de "chá brasileiro", só que elas aderiram pelas propriedades funcionais do alho mesmo e não como alívio para os sintomas da gripe.

Na verdade o alho (mais especificamente a alicina) já é mania aqui há um tempo. Até no supermercado encontramos a versão em cápsulas. Eu sempre gostei dele de graça (minha mamma sempre fazia massa com molho de tomate picante de tanto alho... que tempo bom, comer massa sem medo de ser feliz! rs), mas de tanto ver nas propagandas quando cheguei aqui, pesquisei e comecei a gostar mais ainda. Resumidamente, eu sou fã dele por essas propriedades: aumenta a testosterona, é antioxidante e anti-inflamatório  mas sei que existem muitos outros benefícios. Achei um artigo do nutricionista Rodolfo Peres, para quem quiser saber mais.

Alho - Um alimento funcional


Neste artigo será discutido um alimento presente todos os dias em nossas casas¸ que muitas vezes é ignorado. Vamos descobrir que o alho não serve apenas para dar sabor no feijão e sim possui propriedades nutricionais no mínimo tidas como fantásticas.


Este alimento milenar tem origem asiática¸ sendo que existem relatos afirmando que na antiga civilização egípcia¸ o alho além de servir como alimento¸ era usado para garantir uma boa voz e coragem. Durante a construção da pirâmide de Queóps¸ os escravos eram alimentados com alho. Acreditava-se que com isso¸ o rendimento físico era aumentado e que assim também era possível conseguir uma boa imunidade contra as epidemias típicas da época¸ como cólera¸ tifo e varíola.

Os estudos apontam para diversos benefícios à saúde derivados do consumo regular do alho. Isso o torna uma especiaria extremamente atrativa de ser incluída no cardápio diário não somente por seu aroma e sabor¸ mas também pelos seus benefícios medicinais. Suas vitaminas são: A¸ B1¸ B2¸ C¸ PP. Existem diferentes tipos de alho e quase todos diferem em relação a tamanho¸ cor¸ forma¸ sabor¸ número de dentes por bulbo¸ acidez e capacidade de armazenamento.

O bulbo é conhecido como a cabeça do alho¸ sendo utilizado na prevenção contra gripes e resfriados¸ possuindo excelente ação antiinflamatória. Ajuda a regular os níveis de triglicerídeos e colesterol¸ equilibrar o funcionamento intestinal¸ desintoxicar o organismo¸ controlar a pressão arterial e glicemia¸ asma¸ bronquite e pneumonia.

Um estudo canadense efetuado com homens moderadamente hipercolesterolêmicos ( 32 a 68 anos) mostrou que o consumo de 7¸2g/dia de extrato de alho durante meio ano reduz em 5¸5% a pressão arterial sistólica¸ em 7¸0% o colesterol sérico total e em 4¸6% o colesterol de baixa densidade (LDL).

O alho tem sido altamente valorizado nas terapias como agente rejuvenescedor¸ anticancerígeno e estimulante da imunidade. O risco de câncer gástrico é 13 vezes menor em indivíduos que consomem 20g/dia de alho em relação aos que consomem menos que 1g/dia.

Atualmente¸ sabe-se que 72 diferentes tipos de infecções podem ser evitadas incluindo o alho na dieta. Na Rússia é o remédio mais comum contra gripes¸ resfriados¸ tosse e desordens intestinais. Na Polônia é usado contra gastroenterocolite¸ dispepsia¸ pneumonia¸ nefrose e septicemia. Na China¸ doses altas de alho têm sido empregadas no tratamento da meningite criptocóccica e infecção fúngica (que não cede a antibióticos comuns).

Nero¸ imperador romano¸ comia vários bulbos do alho diariamente¸ chegando às vezes a interromper o consumo de qualquer outro alimento. Sem dúvida¸ quem ousasse dizer que o imperador tinha mau hálito¸ poderia com grande probabilidade acabar seus dias na arena do Coliseu. Nos dias de hoje¸ ainda existem algumas localidades¸ tais como a Grécia¸ onde o consumo de alho é bem elevado. No Brasil¸ apesar de ser largamente utilizado como tempero¸ poucos são os que se arriscam em consumir o alho in natura . Quem possui alguma aversão ao sabor e/ou odor do alho¸ pode-se beneficiar por meio do uso do óleo de alho em cápsulas.

Os cientistas chegaram à conclusão de que a grande riqueza do alho se encontra nos seus componentes. Mais de trinta já foram isolados¸ especialmente nos derivados de enxofre (sulfatados). Entre eles¸ o mais importante é¸ sem dúvida¸ a alicina (di-propenyl tiosulfinato)¸ responsável pela maioria das propriedades farmacológicas da planta. Na verdade¸ a alicina¸ um líquido de coloração amarelada¸ só aparece de fato quando o alho é mastigado ou cortado¸ rompendo-se as células do bulbo. E é também a alicina a responsável pelo forte odor característico da planta.

Muitas pessoas apresentam reação alérgica da pele ao contato com o alho. Quem sofre de hipotensão (deficiência de tensão nervosa ou sanguinea) deve ser cauteloso com seu uso¸ porque pode ocorrer uma queda abrupta na pressão arterial.

Por Rodolfo Anthero de Noronha Peres – Nutricionista Esportivo – CRN8 2427


Infelizmente algumas propriedades são perdidas em contato com as altas temperaturas. Por isso, eu acrescento o alho só no final das preparações, assim ele não fica tão forte como se fosse cru, mas não chega a cozinhar. Não conseguiria consumir in-natura. Só não esqueçam de uma boa higiene bucal, ok? rsrs
Dica: bochechar leite ajuda a sumir com esses odores fortes de alho/cebola.

Boa semana, amores!!


Bjs


21 comentários:

  1. Ai coisa boa saber disso tudo, pois sou fã de alho tb, adoro temperar as comidinhas com ele ..
    Melhoras musa bjãoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que eu sou fã! =)
      Obrigada, amiga!

      Bj

      Excluir
  2. Amo alho.hehehe
    Sobre teu comentário no meu blog:

    Não dei os detalhes das refeições.hehehe
    Tô mais ou menos com 100 gramas de carbo por dia.
    Um médico que me passou essa dieta.
    Voltada para o emagrecimento aliado a musculação.
    Tenho vários lanches durante o dia. Se não como fico super irritada, a doida.
    Adorei tua preocupação comigo.
    Amei. hehehe
    Posso pedir uma ajuda quando precisar?
    Beijinhos Gi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, então vc tem acompanhamento? Que bom!!
      Pois é, vc colocou as refeições como "proteína", aí fiquei assustada, mas 100g é uma boa quantidade. É o que eu gosto de usar em cutting :)
      Eu sou que nem vc, preciso dos lanchinhos... rs
      Mas nem precisa perguntar, Ne! Quando precisar é só falar, ok?
      Manda e-mail ou recado na página do blog no facebook ;)

      Bjao

      Excluir
  3. Muito bom Gi! Eu adoro alho!

    E ai ja tá 100%? melhoras tá? bjaum

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não, Cá... mas já estou bem melhor, semana passada foi sofrido :(

      Bjss

      Excluir
  4. Huum, bom saber! Adoro alho! Meu tempero preferido, depois de canela. kkkk
    beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então somos duas, P!! Canela eu uso em quase tudo, compro logo uma caixinha de 300g, acredita? Maluquinha... rs
      Ainda bem que são vícios bons =)

      Excluir
  5. Eu amo alho em tudo, mas vou começar a por so no finalzinho para não perder as coisas boas, porque alho cru não da rs

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alho cru é impossível, Cris!! rsrs

      Bjs

      Excluir
  6. já ouvi façar de chá de alho pra girpe tbm, mas nao tenho coragem de tomar
    euheuiahioau
    coitado do namo da gente com o bapho de alho kkkk
    mas adoro o alho para temperar a comida.
    beeijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helo, sabia que foi a primeira vez que eu fiz o chá? E pior que ficou gostoso, guria! Acho que pq tbm coloquei gengibre, limão e mel. Só o alho eu não daria conta tbm... haha
      Ahh, o marido tbm estava gripado e tomou o chá, aí não tivemos esse problema. Já pensou? OMG

      Bjao

      Excluir
  7. Adoro alho tb!! Sobre o cozimento eu não sabia, sempre coloco antes ;xx ixi..
    Ta melhorando amiga? Boa sorte aí, beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bru, as vezes eu coloco antes e depois.. alho nunca é demais, né? rs
      Estou melhor sim =)

      Bjss

      Excluir
  8. Gi, amei o post. Já sabia de alguns bons "lucros" do alho, mas com este post fiquei mais ainda informada. Semana passada eu também fiquei, ainda estou um pouco, com uma gripe e febre daquelas, sou muito dificil de ficar assim, mas quando vem, ´é de derrubar, lembrei-me da minha mãe, se tivesse viva, daria-me logo um cha de alho com outros ingredientes.
    Agora a dica do leite devido o ordor forte não sabia, foi uma execelente dica!

    Abraços!

    Espero que esteja já melhor que eu. :]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, eu tbm nunca fico resfriada, mas aqui é complicado. Muito frio, sempre ficamos em lugares fechados (não tem como deixar aberto)... qualquer virose vira epidemia! Pra piorar um pouco, meu marido tbm pegou, aí não tive como fugir.

      Ah, a gente sente uma falta da mãe nessas horas, né? Parece que o "colinho" delas faz td a diferença!! rs

      Bjao

      Excluir
  9. Ótimo para quem é fã de alho como eu!!! Adorei! ;)

    ResponderExcluir
  10. Gi, que coragem em tomar esse chá!
    Acredita que minha avó fazia a gente tomar qdo cça... Trauma master!
    Amo alho, mas como tempero dos meus filés de frango e peixe. Bjs

    ResponderExcluir
  11. Meio dente de alho diariamente em jejum... toma como se fosse um comprimido!!! Acho q eh a melhor forma de se tomar, rs.

    Começo a partir de amanhã!!! Chá de gengibre com limão e alho... organismo limpor forever :)

    ResponderExcluir
  12. o problema é o gostooooooooooooo...jesus...5 dias de muito creme dental pra sair o gosto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kaka, se vc engolir como comprimido não fica o gosto na boca... basta não mastigar. Agora se vc arrotar o cheiro vai ser bem ruinzinho kkkkkkkkkkkk

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...